Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Get some balls

Get some balls

Alimentam-se do que lhes damos de comer

 

Existem ao virar da esquina as supostas amizades presentes, invadidas pela  bipolaridade de comportamento ou opinião que muda de sentimento de uma hora para outra consoante o seu comodismo ou simplesmente a sua ausência de precisão sincera.

São condicionados pelos seus actos e incrivelmente astutos para tentarem condicionar os nossos.

Afasta-te, repele e enfrenta os falsos comuns amigos capazes de toldarem por vezes a visão límpida e translúcida, em momentos nublados e pantanosos, mas o erro não são eles, pois se em algum momento a dúvida não fosse um buraco, facilmente reconheceriamos uma falsa amizade.

Amigos falsos ou falsos amigos capazes de consentirem e ajudarem a um enfraquecimento de vontades se em algum instante obtiverem um lucro fácil, construido ou absorvido pelas nossas inseguranças.

Alimentam-se do que lhes damos de comer.

Por vezes param, e de olhar calmo observam as presas à espera do instante perfeito para nos empurrarem ou simplesmente pegarem ao colo, para nos deixarem numa paragem de emoções qualquer, para que perdidos tenhamos novamente de pedir direções.

Falsos, tão difíceis de distinguir numa selva de gentes absorvidas pelos seus egos,  críticos disfarçados e sedentos de beber as vontades que ingenuamente por vezes partilhamos.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D